sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Quem é da sua Equipe?

Um dos trabalhos do líder é construir uma verdadeira equipe. Um dos fundamentos da missão é a diferenciação de funções e delegação de responsabilidades, em outras palavras, é o trabalho em equipe. Uma verdadeira "equipe" é inestimável. Mas há uma diferença crucial entre a construção de uma equipe e ter apenas um formato da equipe. Grandes equipes são construídas; equipes ruins apenas se formam, sem intencionalidade ou planejamento.
Bons líderes tendem a se aproximar dos outros para ajudar a compartilhar a sua visão. Na maioria das vezes, o líder está apenas feliz por ter membros dispostos a voluntariar em seu time. Contudo, seria necessária uma série de testes e treinamento para ver se os membros da equipe teriam o DNA da sua organização. Para tanto, o líder pode questionar-se para determinar se as pessoas podem ser ​​membros confiáveis de sua equipe. Por exemplo:
Como meus liderados respondem ao fracasso?
A maioria dos líderes odeia o fracasso na vida pessoal e na sua equipe. Quando por vezes um jogador de futebol perde um penalti, toda a equipe perde por causa do erro do jogador. Se eu quiser construir uma equipa eficaz, eu tenho que dar para alguns membros da equipe a permissão para falhar, e isso é difícil de fazer. Se nunca acontecer falhas, no final, os membros da minha equipe não vão aprender valiosas lições, e não se terá a oportunidade de ver como eles respondem as consequências do fracasso. Depois do fracasso o liderado tem que voltar mais acertivo para o jogo...
Os meus liderados se magoam de que forma?
Você pode ferir um membro da equipe sabia? Há uma grande diferença entre um verdadeiro membro de equipe e aquele que eu chamo de um "jogador contra-cheque". Esses “liderados contra-cheque” se preocupam apenas com a perda de seus cargos, empregos ou dinheiro. Que não é o caso dos verdadeiros companheiros de equipe. Quando, como líder, você tem que corrigir um liderado, você pode ver em seus olhos e em sua linguagem corporal que ele está realmente chateado. Não é apenas com a possibilidade de perder a posição, mas principalmente pelo fato de odiarem decepcionar a equipe que os fazem diferentes. Esse é um bom sinal.
Será que meus liderados irão resistir a mim?
Quando o líder traz paixão, unidade e visão em empreendimentos terá momentos de atrito com membros de sua equipe. É inevitável, mesmo que saudável. Na verdade, o líder nunca deve confiar em ninguém completamente, até que tenha um desentendimento com esse alguém. Isso não significa que temos uma licença para descortesias ou autoritarismos, mas sim, nos comunicarmos através de emoções e paixões com habilidade. A previsibilidade gera confiança mútua. Pessoas confiáveis são aquelas que você reconhece como elas reagem a determinados fatos... Bronca é quando você nunca sabe que reação nova vai encontrar no outro. Já para um líder que gosta de ganhar sempre, o único perdedor deve ser seu próprio orgulho.
Essas são as três perguntas que se pode ponderar sobre se uma pessoa é um verdadeiro integrante de uma equipe, ou não. Eu tenho certeza que existem mais perguntas sobre isso, e que cada líder tem de desenvolver a sua própria lista. Contudo, lembro-me de um mentor que costumava ter uma frase emoldurada na parede de seu escritório: "Trabalho em equipe é o trabalho dos sonhos... Se você sobreviver ao pesadelo de construir uma verdadeira equipe!". Então, você tem uma equipe ou um formato de equipe a sua volta?