domingo, 27 de junho de 2010

Quais são seus pontos fracos?



Romário disse certa vez que “quando a velocidade não é mais a mesma, tem que se aprender os atalhos...”. Um grande atalho para o crescimento é saber o que nossa família e alguns amigos pensam de nossos pontos fracos. Possivelmente essa atitude pode nos levar a nos conhecermos melhor e economizarmos tempo.


De fato, muitas pessoas não se livram da relutância em aprender com as pessoas mais próximas – pais, maridos, esposas, filhos e amigos fiéis. O invés de se disporem em aprender, se fecham por causa do orgulho, do acanhamento, medo e imaturidade. Muitos se enxergam como aqueles que já aprenderam tudo que podiam com essas pessoas, e não há nada mais a aprender com elas.

Um triste fato na vida dessas pessoas, é que, repetidas vezes, as pessoas mais próximas são possivelmente as que nos conhecem melhor... Elas muitas vezes conseguem enxergar a maneira com a qual escolhemos agir e como criamos nossos mecanismos de defesa, e assim, elas podem nos ajudar de maneira simples despertando em nós soluções adequadas.

Se somos orgulhosos e irredutíveis demais para aprender, perderemos de encontrar uma fantástica trilha para melhorar nossas decisões. Quando chegamos ao ponto de perguntar a essas pessoas especiais quais são os nossos pontos fracos, podemos estar tomando um atalho. Isso não só faz elas se sentirem especiais, bem como poderemos receber conselhos realmente relevantes.

É um atalho para o crescimento menos usado que conheço... Para encontrá-lo é necessária coragem, humildade, e a habilidade em de driblar o egocentrismo. Essa verdade é facilmente constatada se a pessoa ignora sugestões (recebendo-as como críticas), ou simplesmente descartando a opinião.

Experimentemos perguntar a quem está qualificado a responder o que você quer saber sobre você. Quais são os seus pontos fracos? Mesmo que essa pessoa corra um risco de lhe dar uma palestra, vale a pena ouvir o que ela tem para falar sobre sua pergunta.

Está tudo lento? Prepare-se para o atalho. Pergunte a eles!