segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Os sete pecados do mundo de hoje

Acho que vou escrever sobre isso depois. Muito interesting...

seg, 15/02/10
por Martha Mendonça

fotopecados

Aproveitando o carnaval, tempo dos velhos pecados – luxúria, gula e inveja ao menos – faço aqui uma brincadeira sobre os 7 pecados do mundo moderno. No nosso tempo, ninguém acha mais que preguiça é pecado. Soberba e avareza são quase um direito. Ou não? Então, vamos a uma lista dos Sete Pecados do Mundo Contemporâneo – o mundo da internet, da fama, das celebridades, da exposição do privado, dos corpos sarados e do sexo livre.

1 – Estar fora de forma
A questão agora não é simplesmente a gula desenfreada. Se alguém come muito, mas não engorda, tudo bem. O problema é ser gordo – sinônimo, para muitos, de falta de vergonha na cara ou falta de caráter. Não ter um corpo malhado é uma infração das piores.

2 – Não ser famoso
Os reality shows estão aí para provar que todo mundo quer ser uma celebridade. E isso não requer talento, apenas visibilidade. Todo mundo quer ser conhecido – e reconhecido, mesmo que seja no bairro, na escola, no orkut ou no twitter. Anonimato é crime grave.

3 – Não gozar
O que? Você não tem orgasmos múltiplos? Corre atrás ou está perdendo o bonde. Frigidez é palavrão. Mulheres frígidas, entrem em cursos de sensualidade, olhem suas partes íntimas num espelho e digam a elas: existe alguém mais gostosa do que eu?

4 – Estar fora da internet
Você não usa email, não tem msn, twitter, facebook e orkut? Não joga jogos on line? Quem você pensa que é estando assim, à parte do mundo virtual, sem nunca ter tido um avatar no Second Life ou visto ou video no You Tube?

5 – Não seguir a moda
Não ser uma fashion victim é pior do que jogar pedra na cruz. A cada semana de moda, troque seu guarda-roupa. Use o que é horroroso, o importante é estar in.

6 – Fumar
Fumantes são criminosos sem compaixão. Causam doenças nas crianças, poluem o meio ambiente e, o pior: matam a si mesmos. cadeia!

7 – Não ser politicamente correto
Que as bocas se calem das piadas de gays, negros, louras e portugueses. Tudo que você diz pode ser usado contra você. O animus jocandi está morto!